• Admin

Controle de Custos para Empresários

Atualizado: 11 de Jan de 2019


Vamos direto ao ponto? Sem rodeios , papo de contador, matemática financeira ou palavras em inglês de gurus de administração?

Na prática todo empresário sabe o que é gasto e o que é venda, mas falando um pouco na questão das saídas de dinheiro, vamos a alguns pontos importantes;

Primeiro, é preciso ter um mínimo de informação sobre os números da empresa. Alguns contam com uma equipe contábil ou financeira para ajudar com essa parte, outros tem pelo menos uma boa noção de quanto se gasta para produzir e vender os seus produtos e serviços, senão não dá pra calcular o preço de venda né?

Mas, de qualquer forma uma anotação ajuda, seja num caderninho, planilha, programa ou, para os mais novos, aplicativos. Elas ajudam para lembrar os valores, afinal de contas, são tantas informações ao mesmo tempo, tantos números que se a memória não ajudar fica complicado. E já diria o cara lá do curso que "o que não é medido não pode ser melhorado'.



Como melhorar o controle?

Bom como eu já disse, Planilhas são boas ferramentas para melhorar o controle de custos. Ao contar com a ajuda destes sistemas ou qualquer outro método, o mais importante é a possibilidade de analisar quais são os itens que concentram a maior parte dos gastos da empresa. Sem novidade, comece com estes! Um pequeno esforço nestes itens vai dar um grande resultado para o seu negócio.

Mas tome cuidado para não ser muito radical e acabar cortando itens essenciais, as vezes, pode ser difícil decidir qual item cortar ou qual a redução você vai conseguir, mas é ai que está a arte e criatividade do empresário, na dúvida, vai testando e vendo o resultado, se ninguém reclamar não está fazendo falta!



O tamanho do estoque é ponto vital!

A não ser que seu negócio seja da área de serviços ou de tecnologia (neste tipo de negócio a questão deve estar na mão de obra), um ponto muito importante é o estoque ou o seu tamanho ou a qualidade dele. Estoque excessivo é dinheiro parado, mas estoque baixo pode gerar paradas de linhas de produção e a não entrega de produtos aos clientes.

Neste caso também, o maior segredo está na perspicácia do empresário, ninguém tem certeza do futuro, então um pouco de previsão do tempo e reza braba é o que nos resta; mas se você puder contar com fornecedores de qualidade e confiança pode ser uma boa ajuda.

Outra coisa é, se você conseguir manter um estoque de segurança pode ajudar, de novo, descobrir o tamanho é que é o complicado. Existem algumas fórmulas que levam em conta o tempo de entrega das matérias primas, o tempo de produção e venda mas no fundo não deixa de ser uma adivinhação um pouco melhor.



Fornecedores devem ser escolhidos com sabedoria!

Por fim, chegamos num ponto importante, sempre negocie com seus fornecedores, não basta apenas correr atrás do melhor preço. As vezes o prazo de entrega , o estoque regulador como já dito anteriormente, a qualidade dos produtos pode gerar uma economia na produção ou numa melhor satisfação dos clientes. É muito importante buscar por parceiros que ofereçam opções de produtos e entendam o nosso negócio, as vezes uma pequena alteração na matéria prima, seja na composição, na logística ou serviços agregados podem fazer uma grande diferença.



Ser empresário não é fácil!

Realmente ser empresário exige algumas habilidades, mas vale a pena, a liberdade, a satisfação de fazer o que gostamos e ajudar outras pessoas são recompensadoras.

Manter os custos da empresa adequados é um equilíbrio constante é quase uma arte e exige muita atenção, nunca perca eles de vista!


Bons negócios e boa sorte!


0 visualização
logo1 transp.png

Fones: 11 2093-3370 - 5571 4544 * E-mail: atendimento@g4grafica.com.br * Site www.g4grafica.com.br

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 by G4 - Rua Aparecida de São Manuel, 441/449 - CEP 03480-010 - São Paulo - SP